Mensagem do
Diretor Executivo

A melhor maneira de fazer aniversário continua sendo cumprir metas

Gabriel Baracatt - Diretor Executivo


Se tivesse que definir o que o ano de 2014 representou para a Avina, eu poderia classificá-lo sem risco de exagero como o ano da consolidação estratégica para a região latino-americana e, ao mesmo tempo, o ano em que iniciamos a expansão global de algumas de nossas agendas.

A superação das realizações previstas no início do ano é o melhor indicador do que podemos considerar o ano de 2014 como um período no qual agregamos muito valor aos dois marcos (Bens Públicos e Nova Economia) que orientam nossa estratégia de transformação planejada para o quinquênio 2013-2017.

A superação da pobreza só será possível se, como sociedade latino-americana, incorporarmos a inovação com sentido. Não podemos continuar aplicando fórmulas que há muitos anos já se mostraram incapazes de solucionar o problema. Por isso, decidimos apostar fortemente em inovação capaz de impactar positivamente a base da pirâmide. Um exemplo disso é a instalação de protótipos para levar água potável aos setores mais vulneráveis da sociedade, por meio de um equipamento que emprega tecnologia de ponta para purificação da água. Queremos expandir esse modelo piloto que iniciamos no Chile para várias regiões onde há carência de água urgente por meio da Aliança Global pela Água.

Dessa forma, a Avina aumenta sua contribuição para a América Latina colaborando para superar o grande desafio de redução das desigualdades, que fazem da região a mais desigual do planeta. Os processos colaborativos nos quais muitos de nossos parceiros estão envolvidos e onde possuem um papel de protagonismo e liderança levam água potável a dois milhões de pessoas e incluem milhares de coletores nos sistemas de coleta de resíduos domiciliares. Contribuímos também para a redução das taxas de desmatamento na Amazônia e Grande Chaco, além de promover mecanismos de participação cidadã na gestão das cidades.

Além de consolidar impactos, ampliamos as lições aprendidas. Pela primeira vez na vida de nossa instituição, decidimos assumir de fato a cooperação Sul-Sul. Por isso, iniciamos um processo de intercâmbio com a África para aprender e compartilhar os conhecimentos adquiridos nesses 20 anos de trabalho na América Latina. A Avina pretende ser uma corrente de transmissão de inovações e lições aprendidas entre duas regiões do planeta muito vulneráveis. Fazemos isso com a certeza de que existem conhecimentos e experiências acumuladas que podem ser transferidas, mas também com a humildade de nos abrir à troca enriquecedora de vivências e conhecimentos que iremos adquirir a partir dessa experiência internacional.

O ano de 2014 foi muito especial para a Avina, porque completamos 20 anos de existência e comemoramos este aniversário em cada país de maneiras diferentes. Realizamos reuniões com os parceiros que mantiveram vínculo com a organização durante todo esse tempo, com eventos públicos, com campanhas para dar visibilidade às nossas realizações nestes 20 anos, onde se destacam a criatividades dos eventos, os valores de nossos parceiros e a consistência das causas que acompanhamos e as causas lideradas pelos expoentes sociais e empresários que apoiamos.  Por isso, afirmamos que a melhor maneira de fazer aniversário é continuar cumprindo metas.

Em suma, o Relatório Anual 2014 mostra que a melhor maneira de comemorar os 20 anos de vida institucional é consolidar as ações na América Latina, expandindo as lições aprendidas para a África e gerando condições para que a estratégia planejada para 2017 supere os objetivos.

O ano de 2015 se apresenta ainda mais desafiador e inovador. Nos últimos 20 anos, a Avina vivenciou um crescimento orgânico que se reflete no desenvolvimento e fortalecimento de espaços gerados por novas parcerias, na criação colaborativa de iniciativas e no trabalho conjunto com organizações irmãs.

A interação colaborativa entre esses espaços possibilitou um ecossistema institucional. Com milhares de parceiros diferentes, a partir de 2015 vamos incentivar ainda mais a ação em rede para fortalecer a ação e poder alcançar resultados mais rapidamente.

Por fim, gostaria de agradecer a uma equipe maravilhosa de colegas que, com grande compromisso e dedicação, contribuíram para encerrar esta gestão 2014, que sem dúvida é um marco na vida institucional da Avina.

Gabriel Baracatt
Diretor Executivo